26 de jan de 2011

Sexo do cérebro

     Vendo sites aleatoriamente na internet, descobri que independente de você ser mulher ou homem, seu cérebro pode ser masculino ou feminino, e achei isso muito interessante, com toda minha curiosidade, fui mais afundo dessas informações e fui pesquisar para escrever aqui no blog.

     As diferenças no corpo de homens e mulheres estão além da aparência e dos órgãos sexuais. A ciência detectou que até o cérebro apresenta características femininas ou masculinas. Essa diferença neurológica gera diferenças de comportamentos, sentimentos e modos de pensar entre homens e mulheres.
     O sexo do cérebro é determinado pela quantidade de testosterona (hormônio masculino) a que o feto fica exposto no útero. Em geral, homens recebem doses maiores do que as mulheres. Mas isso varía e a ciência ainda não consegue explicar exatamente o por quê.
     A diferença entre o cérebro dos dois gêneros vem da pré-história, da época do desenvolvimento dos seres humanos. Como o homem era o caçador, desenvolveu um cérebro com habilidades manuais, visuais e coordenação para construir ferramentas, por isso, um cérebro masculino tem mais habilidades funcionais. Já as mulheres preparavam os alimentos e cuidavam dos mais novos, elas tinham que entender os bebês, ler sua linguagem corporal e ajudá-los a sobreviver, também tinham que se relacionar com as outras mulheres do grupo e dependiam disso para sobreviver na comunidade e, por isso, desenvolveram um cérebro mais social. Os homens, por sua vez, lidavam com um grupo de caçadores, não precisavam tanto um do outro e se comunicavam menos, apenas com sinais.
     A diferença de sexo entre corpo e cérebro pode estar ligada ao homossexualismo. Se a concentração de testosterona no útero está mais baixa do que o padrão para os homens, então o "centro sexual" do cérebro será feminino e esse homem sentirá atração por outros homens. Se a concentração desse hormônio estiver alta, o "centro sexual" será masculino e ele sentirá atração por mulheres. Não que eu esteja falando que se você tem o cérebro de sexo diferente do que seu sexo mesmo, você é homossexual, por favor, não me entendam mal, você pode muito bem ser mulher e ter cérebro masculino (e virce-versa) e ser heterossexual.
     A neuropsicologista Anne Moir, da Universidade de Oxford, na Inglaterra está desenvolvendo uma linha de pesquisa para entender melhor as diferenças neurológicas entre homens e mulheres e, para isso, desenvolveu um teste que mostra numa escala de 1 a 20 qual é o sexo do cérebro. O número 1 representa o cérebro mais masculino possível e o 20, o mais feminino. Quem se aproxima do 10 tem um cérebro misto. Segundo Moir, esse último caso é muito comum em suas pesquisas. Faça o teste aqui.
     Além do teste, outro fator que pode mostrar o sexo do cérebro de uma pessoa, segundo os estudos de Moir, é a medida dos dedos das mãos. Geralmente, quem tem cérebro masculino tem o dedo indicador menor que o anelar (olhando para a mão de frente para a palma). Já cérebros femininos são associados a dedos indicadores do mesmo comprimento que os anelares. Mas isso não é uma regra sem exceção, como praticamente tudo na biologia. A pesquisadora diz que, às vezes, uma mesma pessoa tem uma mão nos padrões do cérebro masculino e outra do feminino e isso exige mais estudos para entender a organização do cérebro.

0 comentários:

Postar um comentário

- Para evitar que seu comentário venha a ser excluído, leia a política de comentários do blog.
- Antes de fazer uma pergunta dê uma olhada na página de FAQ para ver se sua pergunta já não foi respondida lá.

Obrigada por comentar. Saber que minhas postagens são valorizadas por outras pessoas é o que me faz continuar com o blog