31 de mar de 2011

Abutre

     Um dos personagens de filme que mais marcou a minha vida e creio que a vida da Melissa também, foi o abutre do filme Horton e o Mundo dos Quem, chamado Vlad, justamente por conta da cena em que a kanguro pede que ele se livre da flor, e até hoje quando alguém nos pertuba muito nós falamos "Vamos chamar o abutre pra comer depois de te regurgitar, depois comer denovo, assim você será devorado duas vezes". Pensando nesse abutre "humilde" (como diria minha professora de inglês), fiz esse post de hoje. E você pode ver o abutre no vídeo aqui em baixo, é o trailer do filme, o Vlad aparece nos 54 segundos, falando aquilo de comer e regurgitar que é muito engraçado. E clique em "ler mais" para saber mais sobre os abutres.


     As aves falconiformes da família Accipitridae, mais conhecidas como abutres, assemelham-se exteriormente aos urubus e condores (os abutres-do-novo-mundo), mas estes pertencem à família Cathartidae. Os abutres são aves de grande envergadura, usando correntes de ar quente para planar, têm cauda pequena e geralmente são desprovidos de penas na cabeça.
     Há abutres em quase todos os continentes, e eles quase sempre existiram. Foram descobertos ossos de abutres nos Poços de Piche de La Brea na Califórnia, aninhados junto aos mamutes peludos. Eles eram grandes na época, e suas asas alcançavam cinco metros de extensão.
     Para se alimentarem, os abutres rodeam o ar procurando cadáveres para que possam se alimentar deles. O motivo pelo qual os abutres esperam é que o bico e os pés deles não são muito fortes. Isso completa a atrocidade desses animais, porque eles precisam esperar que o alimento esteja ligeiramente estragado antes de começar a comer.
     Ao encontrar um cadáver nessas condições, os abutres primeiramente comem um ou dois globos oculares. Quando o corpo já está suficientemente podre, eles bicam o estômago e avançam direto para os intestinos e, consequentemente, para o que houver dentro deles, antes de se lançar sobre o restante.
     Esses animais não conseguem indentificar a hora de parar de comer, eles tendem a comer tanto uma refeição que dificilmente conseguem se mover quando terminam de se alimentar. Então, quando é hora de decolar, a barriga enorme os puxa para baixo, por isso, eles vomitam o que comeram (como o Vlad ia fazer com a flor).
     O abutre que acho mais bizarro é o Quebra-ossos. Esse tipo de abutre costuma erguer ossos, principalmente de pernas, nos ares e, em seguida, o soltar, para que ele esmague-se sobre o chão,  e o abutre possa alimentar-se da medula óssea.

2 comentários:

Susan Elisabeth Stumm disse...

Olá!
Adorei seu blog. Super fofo!
Visite o meu: www.thecutefashion.blogspot.com

bjs

Any Brasil disse...

geeente, os abutres em desenhos são até bonitinhos
trendluxo.blogspot.com

Postar um comentário

- Para evitar que seu comentário venha a ser excluído, leia a política de comentários do blog.
- Antes de fazer uma pergunta dê uma olhada na página de FAQ para ver se sua pergunta já não foi respondida lá.

Obrigada por comentar. Saber que minhas postagens são valorizadas por outras pessoas é o que me faz continuar com o blog