30 de mai de 2011

Legião Urbana

Há pouco tempo fiquei sabendo que será lançado um filme inspirado na música Faroeste Caboclo da minha segunda banda favorita, Legião Urbana, por isso tive a ideia de falar sobre essa banda super legal aqui no blog.
     Legião Urbana foi uma banda brasileira de rock surgida em Brasília e ativa entre 1982 e 1996. Ao todo, lançaram treze álbuns, somando mais de 20 milhões de discos vendidos. Ainda hoje, é o terceiro grupo musical da gravadora EMI que mais vende discos de catálogo em todo o mundo, com uma média de 250 mil cópias por ano.
     A banda foi formada em agosto de 1982 poucos meses após uma discussão de Renato Russo com sua antiga banda, Aborto Elétrico, devido a uma briga com o integrante Fê Lemos (bateria) na música Veraneio Vascaína, em que Renato havia errado a letra e Lemos lhe deu uma baquetada no meio do show. Com o fim da banda, Fê Lemos e seu irmão, Flavio Lemos (contrabaixo), reúnem-se com Dinho Ouro Preto e formam o Capital Inicial.
     A primeira apresentação da Legião Urbana aconteceu em 5 de setembro de 1982 na cidade mineira de Patos de Minas, durante o festival Rock no Parque. Esse foi o único concerto em que a banda apareceu com a sua primeira formação: Renato Russo (vocalista e baixista), Marcelo Bonfá (baterista), Paulo Paulista (tecladista) e Eduardo Paraná (guitarrista). Após a apresentação, Paulo Paulista e Eduardo Paraná deixaram a Legião.
     O próximo guitarrista seria Ico Ouro-Preto (irmão de Dinho Ouro-Preto, vocalista do Capital Inicial), mas foi logo substituído por Dado Villa-Lobos, que assumiu a guitarra da Legião em março de 1983.
     Em 23 de julho de 1983, a Legião fez, no Circo Voador, Rio de Janeiro, um concerto que mudaria a história da banda. Após a apresentação, eles foram convidados a gravar uma fita demo com a EMI. No ano seguinte, por indicação de Marcelo Bonfá, entra o baixista Renato Rocha e começa então a gravação do primeiro disco.
     O baixista Renato Rocha tocou com o trio nos três primeiros álbuns e chegou a gravar o baixo de algumas faixas desse álbum, mas deixou o grupo devido a desentendimentos com os outros membros. As linhas de baixo originalmente gravadas por Rocha foram regravadas por Dado e Renato, que se revezaram nos baixos e guitarras.
     Até o fim da banda eles gravaram oito álbuns: Legião Urbana (1985), Dois (1986), Que Pais É Este (1987), As Quatro Estações (1989), V (1991), O Descobrimento do Brasil (1993), A Tempestade (1996) e Uma Outra Estação (1997).
     Presente em quase todos os encartes de álbum da banda, a frase em latim Urbana Legio omnia vincit (Legião Urbana a tudo vence), adaptação feita por Renato Russo do mote Romana legio omnia vincit (Legião romana a tudo vence), criado pelo ditador Júlio César, tornou-se o lema da banda. Entre os poucos álbuns em que o epíteto não aparece, está A Tempestade, último trabalho da banda.
     No dia 11 de outubri de 1996, Renato Russo morreu em consequência de complicações causadas pela Aids. Renato sabia da doença desde 1989, mas nunca revelou publicamente. Seu corpo foi cremado e suas cinzas lançadas sobre o jardim do sítio de Roberto Burle Marx. Onze dias após a morte do cantor, Dado e Bonfá, ao lado do empresário Rafael Borges, anunciaram o fim das atividades do grupo.

1 comentários:

Ivone Poemas disse...

LINDÍSSIMA POSTAGEM!
SEMPRE CURTI COM MEUS FILHOS OS SUCESSOS DA BANDA!
RENATO RUSSO É IMORTAL!
ABRAÇOS.
IVONE POEMAS
HENRISTO.BLOGSPOT.COM

Postar um comentário

- Para evitar que seu comentário venha a ser excluído, leia a política de comentários do blog.
- Antes de fazer uma pergunta dê uma olhada na página de FAQ para ver se sua pergunta já não foi respondida lá.

Obrigada por comentar. Saber que minhas postagens são valorizadas por outras pessoas é o que me faz continuar com o blog