19 de out de 2011

É Preciso ter Coragem e Confiança

Hoje lemos na aula de filosofia um texto do folclore da Ásia Central que achei super legal porque fala sobre confiança e coragem, gostaria de compartilhá-lo com vocês.

     Em uma vila nas montanhas Altai, não havia crianças, porque, naquelas cercanias, morava um terrível gigante que as levava embora lofo que começavam a andar. Os jovens casais, vendo o desespero dos pais das crianças raptadas, temiam ter filhos e sofrer também. Assim, a vila foi lentamente se tornando lugar em que só habitavam idosos, até que um casal resolveu que teria um bebê, custasse o que custasse.
     Quando o menino nasceu, esconderam-no numa gruta e, quando ele já podia entender o que lhe diziam, contaram-lhe que teria de ser corajoso, pois um dia precisaria enfrentar o gigante. O menino aprendeu a correr a grande velocidade e a atirar com arco e flecha. Quando completou oito anos, o pais falou-lhe:

     - Meu filho, precisamos libertar este lugar da tirania do gigante. Quero que você venha até as montanhas e lute ao meu lado. Para que possamos vencer, você deve confiar completamente em mim.
     A criança concordou. Sabia que o pai era homem de muita coragem, além de ser o melhor arqueiro da vila. A viagem rumo à caverna do gigante durou dois dias. Assim que chegaram às montanhas, ouviram o ruídos dos passos dele:
     - É agora, meu filho! - sussurrou o pai.
     Em seguida, pôs o menino diante de uma árvores e disse-lhe:
     - Não se afaste da árvore e tenha confiança em mim. Virei buscá-lo quando chegar a hora.
     O menino passou a tarde toda esperando pelo gigante. Quando o sol já desaparecia no horizonte, ele surgiu. O garoto estremeceu, assustado, porque o gigante era muito mais terrível do que ele havia imaginado. A voz era cruel, o olhar duro, os gestos violentos.
X_9b4000db_large     - Ah! - disse o gigante quando o viu - Ganhei uma criança de presente hoje! Que bom! Eu estava mesmo morrendo de fome!
     O gigante abaixou-se para pegar o menino. O garoto sentiu vontade imensa de fugir, mas se lembrou das palavras do pai e, reunindo toda sua coragem, permaneceu imóvel. Foi então que uma flecha certeira atingiu a testa do gigante, que caiu morto. O pai correu ao encontro do filho e abraçou-o, dizendo:
     - Obrigado, meu filho! Conseguimos vencer! Obrigado por confiar em mim!
     Com a morte do gigante, a felicidade voltou a reinar na vila. As pessoas jamais se esqueceram da coragem daquele homem e da confiança daquele menino. Por isso, esta história é contada até os dias de hoje.

9 comentários:

Bruna disse...

Olá querida
adorei o texto
acho que confiança e coragem devem sempre andar de mãos dadas
bjos

brunaporelamesma.blogspot.com

daniele - blog sweet pop disse...

Oi, Rafa, eu adorei o texto. Ensina as pessoas terem confiança umas nas outras...

Adorei <3

Visita?

http://meublogblogdadanii.blogspot.com/

Place Fame disse...

Que história linda, ensina a nós confiar nas pessoas... Beijos

Jeff Bolton disse...

Acho que em primeiro lugar vem a confiança o essencial que a pessoa deve ter um com o outro. ^^

http://www.ecleticus.com

KINHA disse...

Olá Rafa

Adorei encontrar vc aqui na blogolândia. Sou Kinha do blog AMIGA DA MODA e vim conhecer seu espaço. Gostei e já estou te seguindo. Vou aguardar a sua visita e ficarei feliz se me seguir também.

Bjooooooooooooo......................
www.amigadamoda1.com

Geny Iwankio disse...

A-M-E-I o texto!!
Muito bacana!!

Estou te seguindo querida, se puder dê uma passadinha no meu blog e siga tbm!!
:D
www.metalmake-up.blogspot.com

Rêh Dias disse...

uahaushasahauhsau' Mt patético! Adorei o texto!

Bejos, http://viverserfeliz-renata.blogspot.com/

Louca Mistura disse...

Adorei, muito legal o texto, confiança e coragem é algo que falta hoje em dia e esse texto mostra como é importante ><'
beijos
blogloucamistura.blogspot.com

Gabriela Möeller Assis disse...

oi flor tudo bem ? monte seu look e concorra o destaque do mês no just believe, vai la flor, vou adorar você participando do meu concurso *-*
http://iwantonlyou.blogspot.com/2011/10/made-by-you.html

Postar um comentário

- Para evitar que seu comentário venha a ser excluído, leia a política de comentários do blog.
- Antes de fazer uma pergunta dê uma olhada na página de FAQ para ver se sua pergunta já não foi respondida lá.

Obrigada por comentar. Saber que minhas postagens são valorizadas por outras pessoas é o que me faz continuar com o blog