26 de dez de 2010

House 4ª temporada


     Sei que não comentei nada sobre a segunda ou sobre a terceira temporada do House, mas eu tenho que comentar sobre a quarta, porque é nela que ocorre a mudança no elenco principal da série, na verdade eu acho que não posso dizer mudança, já que ninguém foi substituído, podemos dizer que foi acrescentadas novas personagens na série. Essa temporada é ótima, apesar de ser a mais curta com apenas dezesseis episódios, é simplesmente demais.

     No final da terceira temporada, todos da equipe de House deixaram seus cargos - Foreman se demitiu porque temia ficar igual a House, Chase foi demitido e Cameron demitiu-se pois achava que deveria mudar um pouco - e depois de tentar resolver um caso sozinho, House se converce de que precisa contratar uma nova equipe, então começa entrevistas pra lá de peculiares com quarenta médicos que aos poucos vai demitindo até chegar aos que irão trabalhar com ele. Inicialmente, House demiti aleatoriamente várias pessoas, depois começa várias provas para testar os médicos.
     As figuras entre esses médicos são Henry e Treze. Henry é um homem que nem é médico, ele só trabalhava no hospital e acabou assistindo aulas da faculdade, então sabia várias coisas de Medicina, até melhor do que os outros que realmente eram médicos. Treze é uma mulher que, até então, ninguém sabe qualquer coisa sobre ela, nem mesmo seu nome, a chamam de Treze porque é seu número de inscrição nas entrevista para a equipe de House.
     Ainda durante as entrevistas, gostei mais de dois episódios:
     Num deles House desafia seus candidatos a médicos de sua equipe que conseguissem a calcinha da Cuddy, quem conseguisse lhe trazê-la não poderia ser demitido e ainda indicaria duas pessoas dentre as quais House teria que demitir uma. A primeira tentativa foi de Amber e Taub, que se uniram para conseguir o prêmio, Taub entregou a calcinha de Amber dissendo ao chefe que era da Cuddy, mas House percebeu que não era porque disse que sabia qual ela estava usando. Quem conseguiu realmente a calcinha certa foi Cole, ele havia feito um acordo com Cuddy que lhe entregaria a roupa íntima se ele indicasse para a demissão quem ela queria, como o objetivo de House era chatear a chefe e com esse acordo ele não conseguiu, teve de demití-lo.
     O outro episódio é quando foi chamado para tratar um doente na CIA, e sempre que as pessoas ligavam para ele e ele falava a verdade, ninguém a acreditava, enquanto os candidatos a membros de sua equipe tratava de outra paciente, House curou o homem que tinha ficado doente aqui no Brasil e ainda conheceu uma mulher que contratou para sua equipe mas depois acabou demitindo-a, porque com ela e a Treze juntos, o médico não conseguia se concentrar nos diagnósticos.
     Mas os dois últimos episódios da temporada que são demais, desde que vi o nome dele, muito antes de assistir já fiquei louca para assistí-los, eles se chamam: A Cabeça do House e O Coração do Wilson. Primeiro House acorda num bar sem se lembrar de nada e quando o levam para o hospital ele fica sabendo que sofreu um acidente de ônibus, apesar de não saber porque estava num ônibus, já que sempre sai em sua moto, depois de várias tentativas de recuperar sua memória durante os dois episódios, ele consegue se lembrar do que aconteceu e lembra-se que estava no ônibus com Amber, namorada de Wilson (na última foto junto com House). Depois de achá-la em um hospital e transferí-la para o hospital onde House trabalha, ele tenta diagnosticar a namorada de seu melhor amigo. Não vou dizer o que ela tinha e nem oque vai acontecer, porque é o climax da quarta temporada e se alguém aí quiser assistir eu vou estragar a surpresa.

0 comentários:

Postar um comentário

- Para evitar que seu comentário venha a ser excluído, leia a política de comentários do blog.
- Antes de fazer uma pergunta dê uma olhada na página de FAQ para ver se sua pergunta já não foi respondida lá.

Obrigada por comentar. Saber que minhas postagens são valorizadas por outras pessoas é o que me faz continuar com o blog