15 de fev de 2011

Os Casamentos de Henrique VIII - Parte 2


     Henrique desejou casar-se novamente. Thomas Cromwell, agora Conde de Essex, sugeriu o nome de Ana de Cleves (imagem ao lado), irmã do Duque de Cleves, que tinha sido um importante aliado no caso do ataque da Igreja Católica à Inglaterra. O pintor Hans Holbein foi mandado ao Ducado de Cleves para fazer um retrato de Ana para o Rei. Depois de ver o retrato de Ana e receber descrições complementares a respeito da mesma, Henrique decidiu se casar com Ana. Quando Ana chegou a Inglaterra, Henrique achou-a pouco atraente, porém se casou com ela em 6 de janeiro de 1540. Assim aparece a quarta mulher.
     Henrique decidiu terminar o casamento, não somente por causa de seus sentimentos mas também por considerações políticas. O Duque de Cleves tinha entrado numa disputa com o Sacro Império Romano, com o qual Henrique não queria entrar em disputa. A nova rainha, Ana, foi inteligente o bastante para não deixar Henrique pedir a anulação do casamento e alegou que o mesmo não havia sido consumado. O casamento portanto foi anulado e Ana recebeu o título de "Irmã do Rei".
     Em 28 de julho de 1540, Henrique casou-se com a jovem Catarina Howard (imagem ao lado), prima de Ana Bolena. Agora a quinta mulher. Ele estava encantado com a nova rainha. Logo após o casamento, entretanto, Catarina teve um caso com o cortesão Thomas Culpeper. Ela também empregou como seu secretário, Francis Dereham, com quem tinha tido um caso antes de se casar com Henrique VIII. Ou seja, finalmente o Rei encontrou alguém como ele, pra ele ver como é bom ser traído.
     Thomas Cranmer apresentou evidências das atividades extra-conjugais da rainha, a Henrique e, embora este não tivesse acreditado, mandou Cranmer conduzir investigações que acabaram resultando na implicação de Catarina. Quando interrogada, a Rainha admitiu o caso com Dereham mas alegou que foi forçada por ele a ter esta relação extra-conjugal, porém Dereham delatou o relacionamento de Catarina com Thomas Culpeper. O casamento com Catarina foi anulado rapidamente após sua execução. Como no caso de Ana Bolena, Catarina Howard pode ter sido vítima de uma acusação falsa de adultério, porém nada conseguiu ser provado.
     Henrique casou-se com sua última mulher em 12 de julho de 1543, a rica viúva Catarina Parr (imagem ao lado). Chegamos, finalmente, à sexta e última mulher. Ela e Henrique tiveram um casamento cheio de discussões sobre religião, ela era radical e Henrique conservador. Embora isso desagradasse ao Rei, ela sempre se salvou mostrando-se submissa. Ela ajudou a reconciliação de Henrique com suas duas filhas, Lady Maria e Lady Isabel. Em 1544, uma lei do Parlamento colocou-as de volta na linha de sucessão ao trono inglês após o príncipe Eduardo, embora elas continuassem ilegítimas.
     Então gente, esse foi UM POUCO da vida amorosa de Henrique VIII, que depois dessas suscesão de casamentos teria morrido provavelmente por complicações causadas por sua Diabetes Tipo 2. Acho que depois desses dois posts vocês podem entender o que quis dizer por ele ser "galinha", tem homem que já faz um choro pra não se casar uma vez e esse ai se casou seis vezes, sem contar as inúmeras amantes que teve paralelamente ao seu casamento.

     Agora, uma coisa que não entendo, como esse indivíduo da imagem da esquerda pode ser representado - na série The Tudors - por um homem como esse da imagem da direita???

1 comentários:

Amanda Croix disse...

Nada ver esse cara como henrique original
Deveriam botar um cara gordão para posar de sexy,aí ia ser mais realistico e engraçado

Postar um comentário

- Para evitar que seu comentário venha a ser excluído, leia a política de comentários do blog.
- Antes de fazer uma pergunta dê uma olhada na página de FAQ para ver se sua pergunta já não foi respondida lá.

Obrigada por comentar. Saber que minhas postagens são valorizadas por outras pessoas é o que me faz continuar com o blog