3 de mar de 2011

Caças Brasileiros

     Conversando com meu amigo Moacir - que até segue o blog e é fanático por armamentos militares - e ele me sugeriu que escreve aqui no blog sobre os caças brasileiros, conversamos bastante e ele me deu várias informações sobre os casa que ele considera os melhores: o f-18, f22 raptor, e o rafale. Achei interessante as informações que ele me passou e decide, portanto, falar aqui no blog. Entre as informações sobre os caças tem muitas informações técnicas que creio que quem curte mais esse tipo de coisa vai entender, mas tentei simplificar mais pra vocês.

     O Rafale (primeira foto) é um caça polivalente, sendo um caça-bombardeiro de amplo raio de ação, com catorze hardpoints ele pode carregar um considerável arsenal ar-ar ou ar-terra, ou também tanques extras o que aumenta ainda mais seu raio de ação. Entre os componentes aviônicos do caça destaca-se o radar multi-funcional Thomson-CSF Detexis RBE-2 que opera junto ao sistema eletro-óptico avançado OSF (Optronique Secteur Frontal), que inclui câmeras infravermelhas FLIR e telemetria laser. Entretanto, diferente de seus concorrentes de 4,5ª geração produzidos em outros países, ele ainda não dispõe de radar com varredura ativa AESA, o qual ainda está sendo desenvolvido. Agora já está em funcionamento na atual versão F3 da marinha francesa que será expandido para a força aérea.
     O Boeing F/A-18EF Super Hornet (segunda foto) é uma aeronave supersônica de interceptação aérea e de ataque ao solo. O F/A-18E e F/A-18F são maiores e mais avançados que seu antecessor o F/A-18 Hornet. O Super Hornet entrou em serviço nos Estados Unidos em 1999, e substituíram os F-14 Tomcat em 2006 e deverão servir em conjunto com os originais Hornets F/A-18C(se mantêm operacionais mas com uma substituição gradativa pelos Super Hornets). Em 2007, a Real Força Aérea Australiana comprou 24 Super Hornets para substituição dos antigos F-111.
     O F-22 Raptor (terceira foto), é uma aeronave fabricada nos Estados Unidos da América, um caça-bombardeiro de supremacia aérea, um avião stealth, supercruising equipado com SIGINT. Ele é considerado o caça mais eficiente já fabricado, não sendo superado por nenhum outro existente.
     A grande diferença do Raptor para os outros é que seus "adornos" que nos demais caças são na parte externa deles, no Raptor são internos, o que lhe dá mais aerodinâmica. Ele é equipado com uma metralhadora M61A2 20mm e com dois mísseis AIM-9 como arma secundária. O F-22, pode ter armas principais configuradas de dois diferentes modos, adaptado para combate ar-ar, ele pode utilizar seis AIM-120 AMRAAMs, ou ainda, em uma caçada ar-terra, duas bombas de 1000-libras GBU-32 JDAMs e dois mísseis AIM-120. E não podemos ver nada em sua parte externa.
     Algo bem interessante é que esses caças são tão rápidos que a força G é muito intensa, tanto que se uma pessoa voar em um caça desses sem ter o devido preparamento pode acabar desmaiando. O mais perto que cheguei de uma força G dessas foi em um brinquedo na Disney em que simulamos um voo em um foguete espacial, é bem legal, parece que as nossas bochechas são puxadas para trás.

6 comentários:

Any Brasil disse...

gente eles são lindos né!!!
amei o post.
trendluxo.blogspot.com

Bruno JP Teixeira disse...

Show... quando eu era adolescente, queria servir a força aérea mas minha mãe não deixou, tinha medo pois ela morava no Brasil, e eu riria servir em Portugal...

Abrçs.
Bruno JP Teixeira - O Portuga
http://brunojpteixeira.blogspot.com/

Divã das Baforetes disse...

nossa não sabia disso não! adorei! bjbj da Telma

Tiago disse...

lindos e fascinantes!... extraordinários.. perfeitos.. se DEUS quiser serei piloto um dia da fab. tiago ricardo

vinicius oliveira disse...

EU QUERO SERVIR A FORÇA AÉREA.
Quero ser piloto de caça, é meu sonho.

Anônimo disse...

Diz pra mim qual desses ca�as o Brasil tem ???

Postar um comentário

- Para evitar que seu comentário venha a ser excluído, leia a política de comentários do blog.
- Antes de fazer uma pergunta dê uma olhada na página de FAQ para ver se sua pergunta já não foi respondida lá.

Obrigada por comentar. Saber que minhas postagens são valorizadas por outras pessoas é o que me faz continuar com o blog