2 de mar de 2011

Born This Way

     Ontem eu vi pela primeira vez o novo clipe da Lady Gaga (que por um acaso já veio ao público há algum tempo, mas estou atrasada mesmo), achei o clipe mais bizarro que já vi na minha vida, ele é muito louco mesmo, por isso na mesma hora tive que mandar a Melissa assistir e ela também concordou que o vídeo mais bizarro que ela já viu, mas então eu fui ver a tradução dele, e é uma das letras de música mais legais que já vi também, então vim comentar um pouco sobre ela aqui.

     A Lady Gaga fez essa música com o objetivo de que ela fosse um icone gay, tanto é que no decorrer do clipe (no final do post) aparecem símbolos gays como o triângulo roxo com um unicórnio (esses da imagem ao lado). Eu acho muito legal uma pessoa tão famosa fazer uma música em homenagem aos gays, porque eu não tenho preconceito com quem não é hetero, tanto é que tenho vários amigos gays, mas tem muitas pessoas que têm esse preconceito.
     Vou analisar as partes importantes da música, mostrando os pontos que me interessaram para vocês. As partes em roxo são a tradução da música, que peguei do site Vagalume, já que não sou tão boa em inglês pra traduzir a música, poderia ter pedido pra Melissa, já que ela é ótima, mas não queria dar trabalho pra ela.

Não importa se você o ama, ou O ama
Coloque suas patas pra cima
Porque você nasceu assim, baby

     Vamos analisar a música. No primeiro versos ela usa o pronome em letra maiúscula dizendo " [...] ou O ama", os pronomes oblíquos só são usados assim quando fazemos referência a Deus, enquanto acho que ela quis dizer que mesmo se você acreditar em Deus e a Igreja proibindo as pessoas de serem homossexuais, você deve admitir que é e não ligar para o que os outros acham, porque como ela diz "[...] você nasceu assim, baby".

A minha mãe me disse quando eu era jovem
Que todos nascemos como superestrelas

Ela enrolou o meu cabelo e passou o meu batom
No espelho da penteadeira

Não tem nada de errado em amar quem você é
Ela disse, pois Ele te fez perfeita, baby

Então erga a cabeça, menina, você ainda vai longe
Escute quando eu digo

     Essa penúltima estrofe que mostrei que é interessante, ela fala que "não há nada de errado em amar quem você é", ou seja, não há nada de errado em você ser diferente da maioria (no caso, ser homossexual) e gostar de ser do jeito que você é, e ainda diz: "[...] Ele te fez perfeita, baby", ou seja, Deus te fez perfeita, então mesmo você sendo gay, você é uma pessoa boa, porque Ele te fez do jeito que queria.

Eu sou linda do meu jeito
Pois Deus não erra
Eu estou no caminho certo, baby
Eu nasci assim

Não se esconda em arrependimento
Apenas ame-se e você estará feito
Eu estou no caminho certo, baby
Eu nasci assim

     Esse é o refrão, ele diz que você é ótimo do jeito que é, porque Deus não erra, e que ela está no caminho certo, ou seja, na opção sexual certa, com que se identifica, porque foi assim que nasceu, e ninguém poderá mudar, e ainda fala que você não deve se esconder, deve se assumir do jeito que é e gostar de você mesmo do seu jeito.

Ooooh não tem outro jeito
Baby, eu nasci assim
Baby, eu nasci assim
Oooh não tem outro jeito
Baby, eu nasci
Eu estou no caminho certo, baby
Eu nasci assim

Não se esconda - simplesmente seja uma rainha!
Não se esconda - simplesmente seja uma rainha!
Não se esconda - simplesmente seja uma rainha!
Não!

     Esse é o pós-refrão e fala basicamente o mesmo que o refrão.

Tenha prudência consigo mesmo
E ame os seus amigos
Criança do underground, regozije da sua verdade

Na religião da insegurança
Eu devo ser eu mesmo, respeitar a minha juventude

     Acho que com a questão de prudência e respeito ela quis dizer que você deve se proteger, não ficar com qualquer um, se proteger de doenças ao ter um relacionamento com outras pessoas, o que todos devem fazer, a "religião da insegurança" acho que seria a insegurança que a pessoa teria de ter relacionamentos gays por conta da pressão da sociedade hetero. Não entendi a parte da "criança do underground, regozije da sua verdade", se alguém tiver uma ideia do que seja, pode comentar.

Ser um amante diferente não é pecado
Acredite N-E-L-E (ei, ei, ei)
Eu amo a minha vida, amo essa música e
Mi amore vole fe yah (o amor precisa de fé)

     O amante diferente seria o fato de não ter um relacionamento de homem com mulher, como a sociedade espera, mas ela fala que não há problema nisso, e que ama sua vida do jeito que é, no caso, sendo homossexual.


Não se esconda, simplesmente seja uma rainha
Quer você seja quebrado ou um milionário
Se você for negro, branco, amarelo ou latino
Se você for libanês ou oriental
Não importa se os obstáculos da vida
Te deixaram afastado, assediado ou importunado
Alegre-se e ame-se hoje
Pois, baby, você nasceu assim

     Agora ela fala das outras diferenças dos seres humanos, além da de opção sexual, a diferença de classe social e de raça, e dá enfase em algo importante, que é que não importa como somos, temos que nos aceitar, pois não há problema em ser diferente, na minha opinião as diferenças são até mais legais do que se fôssemos iguais. Ela ainda fala que não importa como o que acontece na sua vida te deixe, o qual mal você fique, alegre-se mais e ame a si próprio.

Lady Gaga em manifesto contra homofobia

Não importa se você é gay, hetero ou bi
Lésbica ou se é transexual
Eu estou no caminho certo, baby
Eu nasci para sobreviver
Não importa se você é negro, branco ou amarelo
Se é latino ou oriental
Eu estou no caminho certo, baby
Eu nasci para ter coragem

     Continua a ideia da estrofe anterior, de que não importa nossas diferenças, somos todos importantes. Diz ainda que todas as opções sexuais são certas, não só o heteroxessualismo, como os homofóbicos acham que é.

Eu nasci assim, ei!
Eu nasci assim, ei!
Eu estou no caminho certo, baby
Eu nasci assim, ei!
(2x)

     Então gente, essa foi a nova música da Lady Gaga, que tem uma mensagem demais sobre as diferenças, principalmente sobre as diferenças de opção sexual, amei a músical, principalmente por sua letra, mas o clipe também é demais, como já falei, o clipe mais bizarro que já vi. Então fiquem aí com o clipe mais bizarro que eu e a Melissa já vimos:

2 comentários:

Bruno JP Teixeira disse...

VC E SEUS POSTS SUPER INTERESSANTES QUE NOS ENTRETEM DURANTE MINUTOS OU HORAS... RSRSRS

Abrçs.
Bruno JP Teixeira - O Portuga
http://brunojpteixeira.blogspot.com/

aline santana disse...

NOSSA ISSO É INCRIVEL!!!
BJS ADOREI.

Postar um comentário

- Para evitar que seu comentário venha a ser excluído, leia a política de comentários do blog.
- Antes de fazer uma pergunta dê uma olhada na página de FAQ para ver se sua pergunta já não foi respondida lá.

Obrigada por comentar. Saber que minhas postagens são valorizadas por outras pessoas é o que me faz continuar com o blog