17 de jul de 2011

Efeito Mozart


Um dia desses dando uma olhada em uns blogs me deparei com algumas curiosidades sobre o cérebro e uma delas era o Efeito Mozart, assunto legal que nunca tinha pensado em falar aqui, mas é uma boa, então aqui vai.
Mozart_1_large
     Efeito Mozart é um termo criado por Alfred A. Tomatis para um suposto aumento na inteligência das crianças com menos de 3 anos quando elas ouvem música de Mozart.
     Nos anos 1950, Tomatis, que era médico de otorinolaringologista começou a tendência, alegando que o uso da música de Mozart foi um sucesso para ajudar pessoas com distúrbios de fala e de audição.
     Em 1993, foi avaliou raciocínio de 36 estudantes depois de ouvir a sonata K448 na Universidade da Califórnia em Irvine. Os resultados mostraram que apenas ouvir 10 minutos (num único dia) da música de Mozart melhora o desempenho espacial e temporal e o desempenho de tarefas que requeiram alguma habilidade motora,  a pontuação dos estudantes subiu em torno de oito pontos.

4055150689_d44c800e46_z_large
     Apartir desse estudo, um músico chamado Dan Campbell criou uma linha de livros e CDs baseados no conceito, e eEstados como Geórgia, Flórida e Tennessee separaram dinheiro para música clássica para bebês e outras crianças pequenas. Campbell e outros foram ainda mais longe, afirmando que ouvir Mozart pode até melhorar a saúde das pessoas.
     Contudo, o estudo original foi controverso na comunidade científica. Frances Rauscher, pesquisador envolvido no estudo, declarou que eles nunca afirmaram que ouvir Mozart tornava as pessoas mais inteligentes; apenas que aumentava o desempenho em certas tarefas espaço-temporais.
     Outros cientistas foram incapazes de reproduzir os resultados originais, e não há atualmente nenhuma informação científica para provar que ouvir Mozart, ou qualquer música clássica, faz alguém ficar mais esperto. Rauscher até disse que o dinheiro gasto por aqueles Estados seria de mais utilidade em programas de música, já que há evidências que mostram que aprender um instrumento melhora a concentração, a auto-confiança e a coordenação.
     Mozart certamente não pode lhe fazer mal, e você até pode gostar dele se você tentar, mas não conseguirá ficar mais inteligente.

5 comentários:

Rart og Grotesk disse...

não há música que nos faça ficar inteligente. Há músicas que nos fazem ficar burros se deixarmos...mas inteligentes não...
Mesmo assim, deixando ou não inteligente, vale a pena ouvir Mozart!

bjs

http://artegrotesca.blogspot.com

Giika disse...

Oi flor,amei seu blog.
Aceita afiliação ?
http://wwwnovidadesdechocolate.blogspot.com
Aguardo sua resposta.

Juh Demos disse...

amei seu blog e já estou seguindo flor , se puder fazer uma visita la no meu sera muito bem-vinda!!!

Beijos e obrigada parabéns pelo blog


blogjulianamyworld.blogspot.com

Sofiiih...!! disse...

Olá,eu sou a Sofia do blog Livros e Feitiços!Prazer!Wownt,aqui é suuper cutie!
Bom,eu criei uma doll no CrieSophie e gostaria de pedir seu voto!É muito simplies,basta vc ir nesse site:
www.criesophie.com.br/deb

e clicar na estrelinha,que se localiza do lado direito so seu PC.

Caso não entendeu,entre no meu blog:
vida-de-garota-brasil.blogspot.com

BJão,Sofi.

Sofiiih...!! disse...

Aceita parceria?

Postar um comentário

- Para evitar que seu comentário venha a ser excluído, leia a política de comentários do blog.
- Antes de fazer uma pergunta dê uma olhada na página de FAQ para ver se sua pergunta já não foi respondida lá.

Obrigada por comentar. Saber que minhas postagens são valorizadas por outras pessoas é o que me faz continuar com o blog