18 de jul de 2011

Groenlândia

Bom, gente, hoje começaram minhas aulas e amanhã já tenho prova de física, por isso, hoje estou com pouco tempo para postar. Queria até me desculpar com as pessoas que falaram comigo ontem sobre parcerias e sobre novas postagens, porque provavelmente não terei tempo hoje de respondê-los, mas amanhã tudo ficará bem (eu espero...)
Indo ao nosso assunto de hoje... Na minha aula de geografia fiquei revoltada porque não vamos estudar a Groenlândia já que estamos estudando a América, então dei uma pesquisa sobre ela para saber mais sobre esse país que pertence a Dinamarca.
     A Groenlândia, nome que significa "nossa terra" ou "terra verde", A Groenlândia é um território autônomo da Dinamarca, seu território corresponde a uma enorme ilha, sendo a maior do mundo. A sua população é de aproximadamente 57 mil habitantes, que ocupam um território de 2,2 milhões de km².
     A principal religião da população é a luterana. As línguas oficialmente praticadas na ilha são a groenlandesa e a dinamarquesa. Sua capital é a cidade de Nuuk. Aproximadamente 88% da população são da etnia inuit, ou mistura desse com dinamarquês. O restante (12%) é europeu, que atua na ilha extraindo minérios.
     As suas costas dão, a norte, para o oceano Glacial Árctico, a leste para o Mar da Groenlândia, a leste e sul para o Oceano Atlântico e a oeste para o mar do Labrador e baía de Baffin.

     A Groenlândia era uma terra inexistente, do ponto de vista europeu, até a emergência do século X, quando os vikings da Islândia aportaram nessa ilha. Ela não era, porém, completamente desconhecida da humanidade, pois populações da região ártica, conhecidas como esquimós, mas conhecidas atualmente como Inuit, já haviam ocupado este território antes, embora o tivessem abandonado pouco antes da chegada dos islandeses.
     Durante a Segunda Guerra Mundial, a Groenlândia se separou de fato, tanto social como economicamente, da Dinamarca, aproximando-se mais dos Estados Unidos e do Canadá. Depois da guerra, o controle da ilha voltou à Dinamarca, retirando-se de seu status colonial, e, apesar da Gronelândia continuar sendo parte do Reino da Dinamarca, é autônoma desde 1979.
     O clima da ilha é muito gelado, o que justifica a quase inexistência de plantas; a pouca vegetação está disseminada por todo o país. A floresta mais importante está situada na cidade de Nanortalik, no sul desta área. Os verões são brandos e os invernos muito severos.
     O Chefe de Estado da Groenlândia é a Rainha Margarida II da Dinamarca. Um Alto Comissário, que deve ser nomeado pelo governo, representa a monarquia e o governo dinamarquês. A Groenlândia conta com um parlamento eleito de trinta e um membros. O Chefe de Governo é o Primeiro-Ministro, que costuma ser o líder do partido majoritário no parlamento.

5 comentários:

camila disse...

Eu já estudei sobre isso, a Groenlândia é uma das maiores ilhas da terra, né? Legal o post!

Obrigada por ler meu comentário e me responder! Gostei muito do seu blog! De verdade! Isso vai me ajudar muito com a minha elite afiliados! Beijos!

www.rosachiclete-s2.blogspot.com

-C. ♥ disse...

Legal aprender nos blogs, a maioria deles não postam coisas sobre conhecimentos geográficos.
Que bom que pelo menos um faz isso!
Adorei o seu blog, amei tudo: o layout, os posts, a organização!

Parabéns, estou seguindo!
Retribui?
www.funandkisses.blogspot.com

Ivone Poemas disse...

Minha linda Rafa, muito boa postagem, muito bem, nem é preciso estudar sobre o mundo nas escolas, basta fazer como você, procurar e aprender, pois foi assim que eu completei meus estudos, pesquisando na internet! A internet é mesmo "a pedra que fala" pois na bíblia está escrito em algum lugar que eu li, "até as pedras falarão" portanto...!!!
Beijos minha linda!
Ivone poemas
henristo.blogspot.com

AlexBlog disse...

Muito legal. Muito bem resumido. isto é a internet do bem. Parabéns Rafa!

AlexBlog disse...

Muito bom. Muito bem resumido.Ótimo ver a rede utilizada para o bem. Parabéns Rafa.

Postar um comentário

- Para evitar que seu comentário venha a ser excluído, leia a política de comentários do blog.
- Antes de fazer uma pergunta dê uma olhada na página de FAQ para ver se sua pergunta já não foi respondida lá.

Obrigada por comentar. Saber que minhas postagens são valorizadas por outras pessoas é o que me faz continuar com o blog