23 de nov de 2010

Porque sentimos enjoo quando giramos

     Quando giramos demais geralmente nos sentimos enjoados, porque nosso corpo se situa no espaço no meio de duas referências: a visão, captada pelos olhos, e o equilíbrio, medido pelo sistema vestibular, localizado no ouvido interno. É esse ouvido (onde fica ainda a cóclea, responsável pela audição) que entende a força da gravidade, por exemplo. O cérebro recebe informações dessas duas fontes de forma simultânea.
     Quando uma das referências contradiz a outra, o cérebro acha que tem algo errado, e manda as glândulas suprarrenais produzirem hormônios de estresse, como a epinefrina e a norepinefrina, que fazem a pessoa começar a passar mal. No cérebro, o conflito entre informações coloca o centro de vômito, uma região do sistema nervoso central, para trabalhar.
     Conforme o centro de vômito é estimulado, a pessoa passa muito mal. Os sintomas mais visíveis são palidez e suor frio, além de náusea. Como essa é a mesma área do cérebro que responde à intoxicação alimentar, ela começa a preparar nosso corpo para vomitar, contraindo músculos, como o diafragma e o esôfago.
     A contração dos músculos na região abdominal faz o conteúdo do estômago ser projetado para fora, ou seja, a pessoa vomita. Mas isso não resolve a cinetose, já que a origem do problema não está no estômago, mas, sim, nos olhos e no ouvido interno.

0 comentários:

Postar um comentário

- Para evitar que seu comentário venha a ser excluído, leia a política de comentários do blog.
- Antes de fazer uma pergunta dê uma olhada na página de FAQ para ver se sua pergunta já não foi respondida lá.

Obrigada por comentar. Saber que minhas postagens são valorizadas por outras pessoas é o que me faz continuar com o blog