15 de nov de 2010

Proclamação da República do Brasil

     Hoje comemoramos a proclamação da República, data que não poderia ser esquecida por nosso blog.

     No final da década de 1880, a monarquia brasileira estava numa situação de crise, pois representava uma forma de governo que não correspondia mais às mudanças sociais em processo. Fazia-se necessário a implantação de uma nova forma de governo que fosse capaz de fazer o país progredir e avançar nas questões políticas, econômicas e sociais. 
     Podemos destacar a importância do processo da industrialização e o crescimento da cafeicultura como fatores de mudança sócio-econômica. As classes médias urbanas e os cafeicultores do Oeste paulista buscavam ampliar sua participação política através de uma nova forma de governo. Ao mesmo tempo, os militares que saíram vitoriosos da Guerra do Paraguai se aproximaram do pensamento positivista, defensor de um governo republicano centralizado.
     Além dessa demanda por transformação política, devemos também destacar como a campanha abolicionista começou a divulgar uma forte propaganda contra o regime monárquico. Vários entusiastas da causa abolicionista os entraves do desenvolvimento nacional às desigualdades de um tipo de relação de trabalho legítimo. Dessa forma, o fim da monarquia era uma opção viável para muitos daqueles que eram contra a mão-de-obra escrava.
     A perda de sustentação política pode ser também explicada com as consequências de duas leis: a lei Eusébio de Queiroz (1850) que proibiu o tráfico de escravos, encarecendo o uso desse tipo de força de trabalho, e a Lei de Terras (1850) que preservava a economia nas mãos dos grandes proprietários de terra.
     Em 1870, os republicanos se organizaram em um partido e publicaram suas ideias no Manifesto Republicano. Os militares também se mobilizaram contra os poderes do imperador e, pouco depois, a Igreja se voltou contra a monarquia depois de ter suas medidas contra a presença de maçons na Igreja anuladas pelo Rei.
     No ano de 1888, a abolição da escravidão promovida pela princesa Isabel fez com que para sociedade escravista não fizesse mais sentido às novas feições da sociedade brasileira do século XIX.
     No dia 15 de novembro de 1889, o Marechal Deodoro da Fonseca, com o apoio dos republicanos, demitiu o Conselho de Ministros e seu presidente. Na noite deste mesmo dia, o marechal assinou o manifesto proclamando a República no Brasil e instalando um governo provisório.
      No dia 18 de novembro, D. Pedro II e a família imperial partiram rumo à Europa. Tinha início a República Brasileira com o Marechal Deodoro da Fonseca assumindo provisoriamente o posto de presidente do Brasil. A partir de então, o pais seria governado por um presidente escolhido pelo povo através das eleições. Foi um grande avanço rumo à consolidação da democracia no Brasil.

0 comentários:

Postar um comentário

- Para evitar que seu comentário venha a ser excluído, leia a política de comentários do blog.
- Antes de fazer uma pergunta dê uma olhada na página de FAQ para ver se sua pergunta já não foi respondida lá.

Obrigada por comentar. Saber que minhas postagens são valorizadas por outras pessoas é o que me faz continuar com o blog