23 de dez de 2010

Chorar de tanto rir

     Sabe quando rimos tanto que começamos a chorar? Pois é, como eu sou uma pessoa muito feliz que gosta de rir muito e acabo tendo ataques de choro depois de rir muito, fui pesquisar porque isso acontece e decidi falar para vocês aqui no blog.

     Existem duas explicações para a choradeira. A primeira é emocional, nós choramos porque estamos alegres. Ao gargalhar muito, desencadeamos uma reação no sistema límbico, região do cérebro que contra as emoções. O hipotálamo é uma das regiões cerebrais que compõem o sistema límbico. Ao detectar a emoção a emoção de alegria intensa, ele ordena a produção da acetilcolina, um neurotransmissor que viaja pelo sistema nervoso parassimpático, conectado à glândula lacrimal, então choramos.
     A outra explicação é fisiológica. Algumas pessoas têm no rosto uma distribuição incomum dos nervos. Por isso, ao abrir a boca para rir (ou para bocejar), os nervos que ligam a mardíbula às glândulas salivares estimulam a glândula lacrimal. Isso acontece porque tanto os nervos quanto as glândulas lacrimais estão ligados ao sistema nervoso parassimpático, parte do sistema nervoso que estimula as atividades relaxantes em glândulas e também músculos.
     Os dois fenômenos podem ocorrer tanto sozinhos como em conjunto. Nos dois casos, a glândula lacrimal recebe os impulsos do sistema nervoso e entra em funcionamento, produzindo lágrims que se acumulam no lago lacrimal, até que transbordam, fazendo a gente chorar.

0 comentários:

Postar um comentário

- Para evitar que seu comentário venha a ser excluído, leia a política de comentários do blog.
- Antes de fazer uma pergunta dê uma olhada na página de FAQ para ver se sua pergunta já não foi respondida lá.

Obrigada por comentar. Saber que minhas postagens são valorizadas por outras pessoas é o que me faz continuar com o blog