5 de dez de 2010

Como é produzido o sangue

     A medula óssea, como o nome sugere, fica dentro dos ossos. Ela pe formada por um tecido gelatinoso que parece uma esponja cheia de sangue. Popularmente, é conhecida como tutano e não tem nada a ver com a medula espinhal, que fica na coluna e faz parte do sistema nervoso.
     Quando nascemos, todos os ossos têm medula óssea capaz de produzir sangue. Com o tempo, a maior parte dela parde essa função, virando um tecido gorduroso chamado medula amarela. Nos adultos, só os ossos longos (fêmur, úmero) ou achatados (costelas, crânio, vértebras e esterno) têm a medula óssea funcionando.
     A medula é cercada por uma grande rede de pequenos vasos sanguíneos. É por esses fios capilares que ela recebe o suprimento de "ingredientes" como vitaminas, ferro e ácido fólico. Essas substâncias são usadas na produção dos principais componentes do nosso sangue.
     O processo de produção das células do sangue se chama hematopoese. Ele se inicia em uma célula encontrada em grande quantidade nas medulas ósseas, que é chamada de célula-tronco hematopoética.
     Depois de um pequeno período de amadurecimento, essas células-tronco se transformam em um dos três principais componentes celulares do sangue: glóbulos vermelhos, glóbulos brancos e plaquetas.
     A medula trabalha sem parar. Quando as células sanguíneas estão formadas e maduras, soltam-se da medula óssea e penetram na rede de vasos sanguíneos para substituir plaquetas e glóbulos que estão no fim do ciclo de vida.

0 comentários:

Postar um comentário

- Para evitar que seu comentário venha a ser excluído, leia a política de comentários do blog.
- Antes de fazer uma pergunta dê uma olhada na página de FAQ para ver se sua pergunta já não foi respondida lá.

Obrigada por comentar. Saber que minhas postagens são valorizadas por outras pessoas é o que me faz continuar com o blog