30 de dez de 2010

Maiores Bilheterias de 2010

     Como este ano já está no fim, queria falar sobre alguma coisa legal de 2010, pensei em várias coisas: livros legais que lançaram, músicas novas, Copa da África do Sul, Olimpíadas de Inverno, e milhares de outras coisas, mas achei melhor falar dos filmes porque é uma coisa que eu gosto muito e que nunca tinha falado muito assim aqui no blog. Por isso, agora com vocês, as maiores bilheterias de 2010, os filmes que mais fizeram sucesso nesse ano e a minha nota valendo dez para cada um deles:

     Toy Story 3: Ficou em primeiro lugar tendo renda mundial de 1.063 bilhão de dólares, porém no Brasil ficou em quinto com renda no país de 42 milhões de reais.  É um filme de animação computadorizada em 3D, sendo o terceiro filme da trilogia Toy Story, que dá retorno às aventuras do Xerife Woody e sua turma, após ficarem esquecidos na prateleira por mais de uma década. Distribuído pela Walt Disney Pictures e produzido pela Pixar, é o primeiro longa-metragem da Pixar a ser lançado em formato IMAX. Nota: 7,0.

     Alice in Wonderland: Está em segundo lugar com renda mundial de 1.024 bilhão de dólares, porém no Brasil ficou em quarto com renda de 47,7 milhões de reais. Nessa nova versão do clássico livro de Alice, se passam vários anos e a menina que era pequena agora está com dezenove anos, ainda tem sonhos com o País das Maravilhas e acaba voltando ao local, onde reencontra todos que havia conhecido em sua primeira visita. Nota: 7,5.

     Harry Potter e as Relíquias da Morte Parte 1: Em terceiro lugar com renda mundial de 832 milhões de dólares, está em oitavo lugar no Brasil, com renda de 35,5 milhões de reais. Nessa primeira parte do último livro da série, Harry Potter e seus amigos, Ron Weasley e Hermione Granger, decidem não cursar o sétimo ano da Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts, e, ao invés disso, encontrar e destruir as Horcruxes, objetos nos quais Voldemort depositou pedaços de sua alma para tornar-se imortal, antes que o bruxo recupere totalmente seus poderes matando Harry. Nota: 9,0.
     A Origem: Está em quarto lugar com renda mundial de 825,4 milhões de dólares, enquanto no Brasil está em décimo oitavo com 17,4 milhões de reais arrecadados. Leonardo DiCaprio faz o papel de Dom Cobb, um ladrão especializado em extrair informações do inconsciente dos seus alvos durante o sonho. Incapaz de visitar seus filhos, Cobb tem a chance de vê-los em troca de um último trabalho: fazer a inserção, plantar a origem de uma ideia na mente de um rival de seu cliente. Nota: 9,0. 
     Shrek Para Sempre: Está em quinto lugar tendo renda mundial de 739,8 milhões de dólares, ficando em segundo no Brasil com renda de 71,2 milhões de reais. É o último final da série Shrek, ele fala de Rumpelstiltskin, o vilão da série que, para conseguir governar o reino de Tão Tão Distante, primeiro tenta fazer com que os reis assinem um contrato fazendo com que lhes deixem governar se ele soltar Fiona da torre em que estava presa, mas como Shrek conseguiu libertá-la, anos depois ele tenta enganar Shrek para conseguir o reino. Nota: 10,0.
     Eclipse: Em sexto lugar com renda mundial de 693,5 milhões de dólares, está em terceiro lugar no Brasil com renda de 53,6 milhões de reais. É a adaptação cinematográfica do livro de mesmo nome da escritora Stephenie Meyer, também possui cenas reveladas no spin-off A Breve Segunda Vida de Bree Tanner, que se passa na mesma época do livro. Bella precisa decidir entre permanecer humana, ficar com Jacob e ser vulnerável aos Volturi, por ser a única humana que sabe da existência de vampiros, ou o amor de Edward e ser transformada em uma vampira. Enquanto isso, uma série de mortes passa a acontecer em Seattle e os Cullen percebem que se trata de vampiros recém-criados, que são mais fortes e têm dificuldade de se controlar. Descobrem que estão sendo criados por Victoria, que busca vingança pela morte de seu parceiro James, com a ajuda de Riley, que comanda os novos vampiros. Nota: 7,0.
     Homem de Ferro 2: Sétimo lugar com renda mundial de 621,8 milhões de dólares, está em décimo primeiro no Brasil com renda de 28,3 milhões de reais. Seis meses após revelar sua identidade como o Homem de Ferro, o presidente das Indústrias Stark, Tony Stark, ajudou a manter a paz mundial. Ele reconstitui a Expo Stark em Flushing, Nova York, para continuar o legado de seu pai. Um comitê do senado americano, liderado pelo Senador Stern, manda Stark entregar a tecnologia do Homem de Ferro ao governo para aplicações militares, usando sua inteligência, Tony consegue se livrar dessa obrigação e envergonhar seu rival. O jovem empresário descobre também que está prestes a morrer se não encontrar uma solução para o dispositivo que o mantém vivo, que agora está matando-o. Nota: 10,0.
     Meu Malvado Preferido: Ficou em oitavo lugar mundial com renda de 540 milhões de dólares, está em décimo segundo no Brasil com renda de 23,1 milhões de reais. Alguém rouba umas das piramides do Egito, e isso instiga Gru, o protagonista, a realizar um roubo maior do que esse. Surge a ideia de roubar a Lua, para tanto ele precisa de um foguete e um "encolhedor". Mas para a construção do foguete ele precisa de um empréstimo, que não consegue junto ao banco, e após roubar o "encolhedor" este é roubado dele. Para reaver o objeto roubado ele cria um plano que necessita de três meninas, que são adotadas por ele. Mas como toda criança, essas interferem na vida dele e vão mudando sua visão ao longo do filme. Nota: 9,0.
     Como Treinar Seu Dragão: Nono lugar com renda mundial de 495 milhões de dólares, no Brasil também está em décimo terceiro lugar, com renda de 21,8 milhões de reais. Conta a história de Soluço, um vinking que tão fraco que é, ele encontra um dragão muito raro e o mais poderoso já encontrado, e em vez de matá-lo, como todo viking faria, ele tenta treiná-lo, depois de compreender os dragões consegue fazer com que todos de sua aldeia comecem a tratar bem os dragões, em vez de só querer matá-los. Li o livro e é bem melhor que o filme, mas o filme também é bom pra quem gosta de animação. Nota: 8,0.
     Fúria de Titãs: Décimo lugar com renda mundial de 493,2 milhões de dólares, ficou também em décimo na bilheteria brasileira, com renda de 28,4 milhões de reais. Há muitos e muitos anos atrás, os deuses Zeus, Poseidon e Hades se uniram e destruíram seus pais, os Titãs, com a ajuda do Kraken, um monstro nascido da carne do próprio Hades. Em seguida, eles dividiram o Universo entre si: Zeus ficou com os céus, Poseidon ficou com os mares e Hades foi enganado por Zeus e forçado a governar o Submundo. Pouco depois, Zeus criou os humanos, cuja fé era o que dava poder aos Deuses. Porém, os humanos eventualmente se cansaram de serem manipulados pelos Deuses como peças de xadrez e começaram a questioná-los. Anos depois, um pescador chamado encontra um caixão flutuando na água e, dentro dele, uma mulher morta segurando um bebê, que ele e sua esposa adotam e batizam de Perseu, um futuro herói grego. Nota: 8,0.

      Já que estamos falando de filmes lançados em 2010, queria aproveitar para falar do filme de melhor bilheteria no Brasil, Tropa de Elite 2. Também estava querem falar de algum filme que não estive entre os dez melhores do ano, mas que eu gostei muito, então escolhi Um Parto de Viagem.

     Tropa de Elite 2:  Foi lançado dia 8 de outubro e já no dia 7 de dezembro tornou-se o filme nacional mais visto da história do cinema brasileiro, com 11 milhões espectadores, marca que não era superada desde 1976, quando o filme Dona Flor e Seus Dois Maridos obteve 10,73 milhões. Os acontecimentos de Tropa de Elite 2 ocorrem treze anos após os do primeiro filme. Um dos seus focos é o amadurecimento do então Coronel Nascimento, personagem de Wagner Moura, que tem que lidar com problemas com seu filho adolescente. O filme também mostra o crescimento do BOPE e conflitos entre os policiais e milícias do Rio de Janeiro. O diretor José Padilha afirmou que "o filme trata da relação entre segurança pública e financiamento de campanha. Faz ligação entre a segurança e a política". Além disso, uma rebelião é realizada na penitenciária de Bangu 1, liderada por Beirada, personagem de Seu Jorge. O filme é muito mesmo, apesar de eu não curtir muito eles negócios de violência e preferir filmes de comédia, gostei muito desse filme, merece nota dez.
     Um Parto de Viagem: A esposa de Peter Highman está grávida e demorando pouquíssimo para seu filho nascer, mas como ele está na lista dos proibidos de voar, não pode ir até sua cidade de avão ver o parto da mulher, a única alternativa que encontra é ir de carro, mas como está sem sua carteira com seus documentos e seu dinheiro, tem que contar com Ethan Tremblay, um homem completamente louco para levá-lo, e durante a viagem demoradíssima acontecem coisas extremamente engraçadas. O filme é ótimo, muito engraçado, os dois atores principais são fantásticos, então não tem porque perder uma oportunidade de vê-lo, esse sim merece também nota dez.

0 comentários:

Postar um comentário

- Para evitar que seu comentário venha a ser excluído, leia a política de comentários do blog.
- Antes de fazer uma pergunta dê uma olhada na página de FAQ para ver se sua pergunta já não foi respondida lá.

Obrigada por comentar. Saber que minhas postagens são valorizadas por outras pessoas é o que me faz continuar com o blog